(51) 3061 1315 (51) 3061 2550 atendimento@teraware.com.br
6 Dicas para aumentar a produtividade dos profissionais que querem trabalhar remotamente com dados

6 Dicas para aumentar a produtividade dos profissionais que querem trabalhar remotamente com dados

A última década viu um aumento dramático nas empresas que adotam uma força de trabalho remota. Um relatório de 2019 compilado pela Flexjobs e pela Global Workplace Analytics constatou que o número de pessoas que trabalham remotamente nos Estados Unidos aumentou 159% de 2005 a 2017. Com a rápida evolução em torno do COVID-19, forçando cada vez mais empresas a adotar políticas para o trabalho remoto, esta modalidade está se consolidando como um paradigma a ser levado a sério.

O setor de Ciência de Dados não é exceção. As grandes indústrias de computadores, TI e desenvolvimento de software estão entre as que mais crescem em relação à parcela de funcionários que trabalham com base total ou parcialmente remota. As vantagens do trabalho remoto estão bem documentadas: um relatório conjunto publicado pela Buffer e Angellist – uma pesquisa com mais de 3.500 trabalhadores remotos no setor de tecnologia – constatou que um horário flexível, a capacidade de trabalhar de qualquer lugar e não ter deslocamento, estavam entre os benefícios mais atraentes de trabalhar remotamente.

Apesar desses benefícios, a instalação dos sistemas para tornar as equipes remotas eficazes e produtivas não é trivial. Coisas simples como colaboração e comunicação se tornam desafiadoras. Os funcionários são mais propensos a se sentir solitários, distraídos ou a sentir que o dia de trabalho nunca acaba. Nas equipes de Data Science, onde as melhores práticas do setor ainda estão tomando forma, esses problemas podem ser ainda mais evidentes.

Este artigo tem como objetivo destacar as melhores práticas de trabalho remoto, gerais e específicas, em Data Science, para ajudar os Cientistas de Dados e as Equipes de Dados a permanecerem produtivos, conectados e felizes enquanto por trabalhar remotamente com dados.

Vejamos quais são as 6 Dicas para aumentar a produtividade dos profissionais que querem trabalhar remotamente com dados

1- Crie um espaço de trabalho produtivo

Tenha um espaço de trabalho dedicado (leia-se: não sua cama). Mantenha seu telefone longe do seu espaço de trabalho e verifique-o apenas durante os intervalos. Certifique-se de manter seu espaço de trabalho limpo – trabalhar remotamente em um ambiente confuso pode ser incrivelmente perturbador.

2- Certifique-se de conversar com seus colegas

Programe duas videochamadas por dia para manter a sanidade, mesmo que não sejam estritamente necessárias. Tenha pelo menos um desses “cafés remotos” não relacionados ao trabalho com um colega / amigo. Sempre ligue a câmera e tente aumentar a janela da videochamada para que realmente pareça que você está tendo uma conversa real.

As desvantagens de trabalhar remotamente geralmente são a comunicação menos eficaz e menos oportunidades de colaboração. Alguns podem argumentar que você pode ser tão colaborativo e comunicativo remotamente, mas como qualquer economista diria: não há almoço grátis. Embora as equipes remotas venham com desvantagens, existem algumas estratégias muito boas pelas quais você pode minimizá-las. Manter contato com seus colegas é uma delas.

3- Defina hábitos de trabalho remoto

Bloqueie o tempo no seu calendário para tempo de trabalho sem distrações, exercícios, almoço etc. Incentive seus colegas a fazer o mesmo. Uma mensagem de atualização rápida pode ajudar bastante para garantir que seu gerente fique tranquilo com o progresso do trabalho. De maneira semelhante, concorde com uma cadência diária para manter contato com seus colegas de equipe – por exemplo, uma reunião stand-up diária todas as manhãs.

4- Não fique ocupado para impressionar seu chefe!

A Ciência de Dados é um trabalho que precisa de reflexão profunda. Sem gastar tempo suficiente para entender completamente seus dados, análises, modelo preditivo etc…, a Ciência de Dados geralmente não produz os resultados esperados.

Um bom gerente sabe disso. Portanto, mesmo que pareça estranho sentar e pensar nas coisas, não tenha medo de fazê-lo. Sua promoção não dependerá de quão ocupado você estiver durante o dia, mas da qualidade dos resultados exibidos no final do dia.

5- Desligue, tenha uma vida, tenha um hobby! E dê atenção à família.

É claro que em tempos de Covid-19, precisamos limitar o contato com outras pessoas. Mas isso não significa que você possa dedicar mais tempo com os filhos ou família, fazer rodadas de cinema em casa ou mesmo compartilhar ideias sobre um bom livro.

Pode parecer surpreendente, mas a Ciência de Dados precisa de criatividade. Para resolver um desafio complicado no seu código, configurar um modelo estatístico incomum ou interpretar uma descoberta imprevista: você precisa usar a parte criativa do seu cérebro. Claro, não estou falando sobre a criatividade que os artistas contemporâneos usam para pintar triângulos pretos com círculos vermelhos em uma tela … estou falando sobre criatividade para resolver problemas!

6- Mantenha-se atento ao que está sendo feito pela equipe 

Use um sistema para acompanhar o progresso do seu trabalho e da sua equipe. Ferramentas de gerenciamento de fluxo de trabalho como Trello, Jira, Asana e plataforma de Ciência de Dados do Domino – particularmente os recursos de gerenciamento de projetos do Domino para líderes de Ciência de Dados, como Assets Manager e Activity Feed – podem ajudar você a ver em que outras pessoas estão trabalhando e onde estão bloqueadas. Mantenha-se envolvido e conectado ajudando colegas de equipe a remover os bloqueios sempre que possível. Mais algumas dicas:

  • – Trabalhe com as equipes de TI e DevOps para descobrir a melhor maneira de obter acesso aos dados e calcular quando e onde você precisa agora que está remoto.
  • – Tente mudar o trabalho pesado de Ciência de Dados de sistemas locais para sistemas baseados na nuvem.
  • – Aceite o fato de que você pode perder a tração em projetos sem o mesmo ritmo diário que possui no escritório com colegas de trabalho. Em seguida, encontre maneiras de voltar aos trilhos enquanto sua equipe trabalha de maneira mais distribuída do que o habitual.
  • – Mesmo que você não esteja localizado, não esqueça que ainda faz parte de uma equipe. Levante sua “mão virtual” se precisar de ajuda.
  • – Compartilhe seu trabalho com outras pessoas para revisão usando uma ferramenta de gerenciamento de fluxo de trabalho ou plataforma de Ciência de Dados, conforme observado acima.
  • – Seja flexível com a natureza dinâmica do trabalho remoto. Quando você tiver ciclos de reposição, pegue o trabalho pelo qual outros colegas são responsáveis ??se precisarem tirar um tempo.
  • – Resolva problemas reais.
  • – Aprenda com o que está funcionando e o que não está.
  • – Adapte o trabalho a sua realidade remota.

7- Dica Extra – Para os líderes

A priorização é mais importante do que nunca; concentre a equipe nas coisas importantes e comunique-as cedo e frequentemente. Defina expectativas claras em todas as situações, mas ainda mais em ambientes de trabalho remoto.

Esteja disponível: responda rapidamente às solicitações da equipe para ajudar a eliminar o “atraso” que muitos trabalhadores remotos sentem na comunicação.

Seja paciente: muitas organizações podem não estar adequadamente equipadas para lidar com ambientes de trabalho totalmente remotos, o que significa que seus Cientistas de Dados e outros membros da Equipe de Dados podem não ser tão eficazes quanto gostariam de ser. Ajude-os a solucionar problemas de conectividade e sistema e procure maneiras de facilitar a produtividade.

Seja enérgico: quantas vezes você já viu alguém bocejar durante uma videoconferência ou percebe que os níveis de energia estão baixos? Levante-se e apresente-se como faria para uma reunião presencial; seu engajamento e energia levarão ao engajamento e energia deles.

Lembre-se: as palavras em texto geralmente não transmitem o tom pretendido pessoalmente via voz. Evite o ping-pong por e-mail e use a videoconferência com frequência quando achar que um ponto pode ser mal interpretado.

Seja humano: para muitos, o trabalho remoto geralmente significa executar mais horas do que faria no escritório. Além disso, dada a rapidez com que o COVID-19 forçou a situação, muitas pessoas ainda estão tentando descobrir como ser produtivas enquanto lidam com crianças devido ao fechamento das escolas. Defina expectativas e objetivos claros para sua equipe, mas permita que eles trabalhem de uma maneira que funcione de forma alinhada com suas situações pessoais durante essa transição.

Conclusão

Com o COVID-19 forçando muitas equipes a trabalhar remotamente, os membros e gerentes das equipes recém-remotas estão buscando ajustar suas realidades para aproveitar ao máximo seu novo modelo de trabalho. As equipes que tiram vantagem dos benefícios do trabalho remoto permanecerão produtivas, comunicativas e felizes. Além disso, salvaguardas e processos podem ser implementados para contrabalançar efetivamente muitos dos desafios comuns que as equipes remotas enfrentam. Faça um favor a si mesmo e agende uma vídeo chamada de 15 minutos com um de seus colegas de trabalho ainda hoje. Será tempo bem gasto.

Fonte: Data Marketing
https://datamarketingdigital.com.br/

Atendimento via WhatsApp