(51) 3061 1315 (51) 3061 2550 atendimento@teraware.com.br
Você sabe a diferença entre back-end e front-end? - Teraware Soluções em Software e Internet

Você sabe a diferença entre back-end e front-end? - Teraware Soluções em Software e Internet

Depois de passarem anos e anos explicando que ser programador não é simplesmente lidar com problemas de informática, agora os responsáveis pelos códigos enfrentam um novo desafio: explicar a diferença entre as profissões de back-end e front-end — que andam bastante na moda devido ao maior número de pessoas conectadas e ao alto interesse nos aplicativos para aparelhos mobile. Mas e você, sabe quais são as diferenças entre esses dois tipos de especialistas? Não? Então descubra lendo o restante do post:

O QUE FAZ UM FRONT-END?

Sabe aquele layout lindo que o designer criou para seu site? Pois ele não sai do Photoshop e se transforma em uma página da internet sozinho! Para isso é necessário contar com o trabalho do front-end. Responsável por trabalhar com a parte da frente de um site — por isso o front do nome —, esse tipo de programador é quem dá vida às páginas, criando as interações dos usuários com o sistema. Além disso, o profissional de front-end também deve fazer com que aquele site ou aplicativo funcione bem em qualquer tipo de dispositivo, seja um smartphone, um tablet ou um computador, e em qualquer navegador, que pode ser Chrome, Firefox e até Internet Explorer. Bem importante, não concorda?

E O QUE FAZ UM BACK-END?

Já o back-end é outra história. Se o front-end trabalha com a parte da frente do site, você já pode inferir que o back-end é o inverso. Esse profissional é responsável pelos códigos que ficam nos bastidores daquela página. Assim, quando um usuário clica em um botão de compra, por exemplo, aquele botão e toda a tela com os dados do produto foram programados pelo front-end, porém, quem enviou o pedido de compra para a central, conferiu se o item ainda estava disponível no estoque e retornou com o valor exato da compra com o frete já incluído foi o sistema programado pelo back-end. Em resumo: é ele quem pega aquela interação desejada pelo usuário e programada pelo front-end, trabalhando-a em um tipo de motor por trás do site, retornando com as respostas para o visitante. Projetos matadores dependem muito desses profissionais!

DESIGNERS DEVEM ENTENDER DE BACK E FRONT-END?

Em meio a esse monte de códigos, uma pergunta que sempre acaba surgindo é: mas será que os web designers também deveriam aprender a programar? Bem, pelo que dizem por aí, sim, pelo menos a parte de front-end. Bons web designers têm que entender pelo menos um pouco de programação básica para saber o que colocar ou não em um projeto e qual seria o grau de dificuldade daquilo que está sendo projetado. Por causa disso, ter na equipe de desenvolvimento um designer que saiba conversar a língua dos programadores é sempre uma boa ideia.

De olho em linhas e mais linhas de códigos, os programadores back-end e front-end são os sujeitos que fazem a magia acontecer no que diz respeito a sites e aplicativos web, transformando um layout estático na mais rica das páginas. E em um mundo com bilhões de pessoas constantemente ligadas à internet, poucos profissionais são tão importantes quanto esses.

E então, entendidas as diferenças ou ainda ficou alguma dúvida? Comente aqui e divida seus questionamentos e suas impressões conosco. Ah, e aproveite para ler nosso artigo sobre a importância de se ter um site responsivo, que com certeza poderá complementar muito do que foi dito aqui hoje.

Atendimento via WhatsApp